segunda-feira, 20 de junho de 2022

43º DIA (19/06/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BÍBLICA: LUCAS 1.37

Esse decreto é divino, é espiritual. Não é um decreto saindo da boca de homens, mas de um anjo. Por isso acredito no sobrenatural de Deus. Não é um decreto da invenção e da criatividade humana. Não é um decreto que partiu de nossa emotividade. Nem inventado para animar o povo. É um decreto que veio do céu.

O contexto desse versículo mostra o anjo se dirigindo para Izabel e também para Maria (duas gestações de milagres), dizendo que os filhos iriam nascer. Foi o Senhor quem disse. E diante do Anjo do Senhor, houve uma reverência a esta palavra profética, de milagre e de mudança da história de toda a humanidade.

Essa palavra de alcance é uma Palavra de Gestação, pois Deus está gerando algo em direção a sua vida. Deus está gerando algo para lhe surpreender e para mudar a história de sua casa, e de todos os que estão perto de ti, e de todos os que estão longe. Toda sua família entrará no decreto do sobrenatural de Deus.

 Esse decreto não é um decreto humano, mas do céu. É de Deus. O Senhor disse ao anjo: vá lá e diga às duas gestantes, que estão gerando filhos, um para abrir caminhos para o Messias, e outra que está gerando o Messias. A Bíblia diz que quando elas conversavam acerca dos milagres que Deus fez, o Espírito Santo as possuiu.

Para esse decreto vir, e para que você entenda esse decreto, você tem que estar possuído do Espírito Santo de Deus. Esse decreto não será entendido nas emoções, nem vai ser entendido na mente, nem tampouco captado pelo intelecto, mas será entendido por homens e mulheres que estejam tomados e envolvidos pelo Espírito Santo de Deus.

Tem coisas que vão ser geradas, que não serão de intervenção humana, mas serão milagres. O Espírito Santo é que gera os milagres, e muitos aqui vão ficar grávidos de um milagre no mundo espiritual, pois virá um milagre na sua direção. Mas não fuja!

Nenhum comentário:

Postar um comentário