quarta-feira, 28 de novembro de 2018

URGENTE!!! PASTOR RAFAEL OCTÁVIO DA IGREJA DO PASTOR MARCO FELICIANO COMETE SUICÍDIO.



Um pastor ligado à Igreja Assembleia de Deus Catedral do Avivamento, cometeu suicídio. Informações divulgadas nas mídias sociais indicam que o jovem pastor, chamado Rafael Octávio, pulou de uma ponte no município de Orlândia, em São Paulo.
Relatos de pessoas próximas apontam que o pastor já havia dirigido congregações da denominação liderada pelo pastor e deputado federal Marco Feliciano (PODE-SP) e sofria de uma grave depressão, que estava sendo tratada com medicamentos, mas não ainda havia obtido resultados esperados.
“Nesse momento me falta palavras para expressar a minha gratidão pelo Senhor. A gratidão pelo aprendizado, por participar do ministério infantil e por tudo que foi feito na época! Infelizmente essa doença maldita lhe venceu, que é a depressão… Vá em paz que Deus lhe receba Pastor Rafael Octavio”, publicou uma internauta ligada à denominação em sua página pessoal.
A página da Web Rádio Inove também confirmou a notícia. “Um jovem da cidade de Orlândia, conhecido como Pastor Rafael, acabou de cometer suicídio, pulando de uma ponte da cidade”.
O pastor Rafael Octávio integrava a cúpula da Igreja Catedral do Avivamento, mas devido à doença se encontrava afastado. Uma das unidades dirigidas por ele foi a de Franca, em São Paulo.
Considerado muito querido por seus amigos, parentes e membros da igreja, o pastor Rafael Octávio também era muito próximo do pastor e deputado Marco Feliciano e sua família.
Este é mais um caso de suicídio envolvendo um pastor evangélico, também relacionado à depressão. Essa doença tem como algumas das características a tristeza profunda, ideação suicida, desesperança e isolamento.
FONTE: https://noticias.gospelmais.com.br/urgente-pastor-da-igreja-de-marco-feliciano-comete-suicidio-104982.html

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

ESCOLA CRISTÃ É REABERTA NO IRAQUE



Após quatro anos fechada, o retorno às atividades é considerado uma vitória sobre o terrorismo e extremismo

A reabertura da escola cristã mais antiga de Mosul, cidade no nordeste do Iraque e controlada pelo Estado Islâmico, é considerada uma vitória sobre o terrorismo e extremismo. A escola fundamental Shimon Safa esteve fechada por quatro anos, mas recebeu 400 alunos – com idade entre 6 e 12 anos – para o novo ano letivo.
O diretor da escola, Ahmed Thamer al-Saadi, disse ao site de notícias Al-Monitor que o retorno foi devido aos esforços de voluntários e doadores de outra cidade. Ele afirmou que esta é uma lição de tolerância para frustração dos extremistas. “A escola foi sujeita à discriminação nacional e sectária; mas agora vai retomar sua missão prática e social novamente”, disse.
A escola está localizada na região de Al-Saa, parte mais antiga da cidade onde os cristãos vivem, explicou Ahmad al-Mosli, um professor da língua árabe. “Isso dá à escola uma importância excepcional por causa dos deslocamentos, mortes e opressão que as minorias religiosas enfrentam nas mãos do Estado Islâmico”.
De acordo com Ibrahim al-Allaf, professor de história moderna na Universidade de Mosul: “As matrículas dos alunos na escola são uma vitória sobre o terrorismo e extremismo. A escola é parte da herança histórica da cidade. O primeiro grupo de pessoas educadas em Mosul tem memórias desta escola. A escola tem a supervisão do monastério cristão, mas os alunos não são apenas cristãos. A educação é oferecida para estudantes de todas as religiões”.
Al-Monitor relatou que esta costumava ser uma das 20 escolas cristãs na cidade até os anos 1980, mas que a maioria delas foi fechada gradualmente nas três décadas turbulentas que seguiram a Guerra do Golfo em 1990, particularmente de 2014 a 2017, quando a cidade foi controlada pelo Estado Islâmico.

Pedidos de oração
  • Ore pela escola e todos os funcionários, para que o Senhor abençoe o trabalho que está sendo executado.
  • Apresente os alunos e peça que não haja ataques ou atentados agora que a escola foi reaberta.
  • Peça sabedoria para o diretor e aqueles que administrarão a escola.

Fonte: https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/escola-crista-e-reaberta-no-iraque

quarta-feira, 21 de novembro de 2018

PAÍSES DA ÁFRICA NO CONSELHO DE DIREITOS HUMANOS DA ONU



Eleição gerou polêmica pelo fato de esses países, como Somália e Eritreia, não respeitarem direitos humanos

Em outubro, o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas elegeu um novo conjunto de representantes pelos próximos três anos. Ao todo, 18 países foram eleitos e os representantes da África são Burkina Fasso, Camarões, Togo, Somália e Eritreia. A eleição gerou ira em grupos políticos e de direitos humanos, que defendem que esses países não deveriam ser parte do Conselho dado seu registro atual de direitos humanos.
A Eritreia é conhecida por aprisionar dissidentes, tanto políticos, como religiosos ou da mídia. A ONU tem repetidamente relatado prisões arbitrárias no país, mas Asmara (capital do país) tem se calado ou dispensado esses relatórios. As rápidas mudanças na política da Eritreia até agora não redundaram em maior liberdade para a igreja. Apenas quatro grupos religiosos são reconhecidos no país e todos que forem pegos cultuando fora de um desses grupos enfrentam encarceramento, sem nem mesmo serem condenados.
Na Somália, a luta contra o grupo extremista Al-Shabaab geralmente resulta no uso arbitrário da força pelo governo, que prende suspeitos e jornalistas. Forças de segurança do estado também são acusadas de matar pessoas supostamente afiliadas com os insurgentes sem nenhuma prova. Nossa oração é para que a admissão desses países no Conselho de Direitos Humanos os force a adotar padrões mais altos de justiça, direitos humanos e liberdade religiosa.
Ore pelos cristãos da Igreja Perseguida da Eritreia, Somália e todo o Chifre da África. Além de orar, você pode contribuir para a capacitação de líderes cristãos na região. Doe e fortaleça a igreja, para que continue perseverando em meio à perseguição.

Fonte: https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/paises-da-africa-no-conselho-de-direitos-humanos-da-onu 

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

LÍDERES CRISTÃOS ENFRENTAM PRISÕES E PRESSÃO DO GOVERNO



Um deles chegou a ser detido cinco vezes em apenas dois anos e outros são levados para encontros forçados com oficiais

O líder cristão chinês, Peter Shao Zhumin, da cidade litorânea de Wenzhou, na província de Zhejiang, foi levado pela polícia na última semana, de acordo com o site de notícias AsiaNews. Ele deve ficar preso por 10 a 15 dias, de acordo com o relato do site, acrescentando que, enquanto a polícia chama isso de “período de férias”, geralmente é um tempo de interrogatório e doutrinamento. O líder cristão foi, supostamente, pressionado pela polícia para se unir à Associação Patriótica, que faz parte do Partido Comunista.
Outros líderes também enfrentam situações similares. Bishop Shao, de 55 anos, foi nomeado bispo de Wenzhou, que tem uma grande comunidade cristã, em setembro de 2016. Desde sua nomeação, ele foi levado pela polícia pelo menos cinco vezes, de acordo com o site. Em janeiro, ele foi solto pela última vez, depois de ficar sete meses preso.
Ainda de acordo com o AsiaNews, quatro outros líderes cristãos, que também não quiseram se unir à Associação Patriótica, foram levados pela polícia no nordeste da província de Hebei. Zhang Guilin, Wang Zhong, Su Guipeng e Zhao He foram levados de suas respectivas igrejas em Zhangjiakou até um hotel próximo para interrogatório.
Além disso, oficiais do Departamento da Aliança do Trabalho, do condado de Yangyuan County, foram à igreja buscar Zhao He para um encontro com oficiais do governo local no final de outubro, segundo a UCAN. Ele foi levado para um hotel onde foi mantido preso e obrigado a estudar os novos regulamentos religiosos, bem como reconhecer a Associação Patriótica. O site também relatou que Guipeng foi mantido em prisão domiciliar para ser doutrinado sobre as políticas do governo.
O paradeiro de outro líder cristão, Lu Danhua, levado por oficiais em dezembro de 2017, ainda é desconhecido. Orações, jejuns e encontros pela segurança do líder são realizados todo mês, uma prática iniciada por Zhumin.

Pedidos de oração
  • Neste Dia da Proclamação da República de nosso país, onde temos liberdade religiosa, apresente os líderes cristãos chineses que têm sido alvo das autoridades.
  • Peça que eles recebam sabedoria divina para lidar com os oficiais do governo.
  • Apresente Danhua, que está desaparecido, para que o Senhor o guarde. Peça também para que ele seja encontrado.

Fonte: https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/lideres-cristaos-enfrentam-prisoes-e-pressao-do-governo

sábado, 17 de novembro de 2018

ASSEMBLEIA DE DEUS ARCA DA SALVAÇÃO



Atenção você morador de Jacaraípe, Costa Dourada, Jardim Atlântico, São Pedro e Feu Rosa. Amanhã (18/11) a partir das 19:00h estaremos adorando ao Senhor na Assembleia de Deus Arca da Salvação em São Patrício, igreja presidida pelo meu amigo Pastor Carlos peixoto. Venha e traga sua família. Deus tem uma palavra ao seu coração.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

IGREJA DE REFUGIADOS É OÁSIS NO DESERTO


Depois de ser preso, cristão lidera igreja que vive em constante dilema, mas ainda é fonte de refrigério

Em 2007, o cristão Matthew*, da Eritreia, foi pego adorando fora de uma das três igrejas aprovadas pelo estado (ortodoxa, católica e luterana). “Era um domingo e, de repente, fomos rodeados pela polícia. Primeiro, fomos levados à delegacia de polícia mais próxima; depois, para outra prisão, onde ficamos por 40 dias. Então me levaram para um quartel de treinamento militar”, conta. Na Eritreia há dois tipos de acampamento militar: um que é simultâneo ao último ano de ensino médio e outro para onde são levadas as pessoas pegas na rua, como cristãos que são pegos em igrejas domésticas. Você nunca sabe para qual tipo de acampamento será mandado. “Eu acabei no segundo, onde pessoas são punidas por seguir sua religião. Fiquei três meses e meio lá e depois ‘me formei’ – fui enviado a uma divisão militar e recebi um cartão para me locomover. Mas a partir daí comecei a considerar fugir do país”, compartilha Matthew.
Ele explica que quando você “se forma”, pertence ao governo e nunca sabe quando ficará livre da obrigação de servir ao exército e seguir seus próprios planos. “Você nunca sabe quando vai ter fim, é por isso que as pessoas fogem”, complementa o cristão. Ele trabalha com refugiados do Chifre da África há cinco anos e é confrontado com a angústia dos refugiados que querem tentar a sorte em outros países. Tentando a fuga ilegal, através de traficantes de pessoas, eles são expostos a muitos perigos, como serem deixados no deserto para morrer de fome, sequestrados para resgate, abusados ou até mortos para extração de órgãos. As pessoas estão sem esperança e confusas; elas têm muitas perguntas. “Às vezes, como líder, é difícil respondê-las. Você se sente fraco por não poder resolver os problemas das pessoas. Por exemplo, quando um dos membros diz que vai para a Líbia e confessa que toma injeções contraceptivas [por saber que pode ser abusada], você se sente impotente por não poder ajudá-la, nem convencê-la a ficar e esperar pacientemente por uma alternativa”, lamenta-se.
Apesar disso, ele reconhece que a igreja de refugiados tem um grande papel em encorajar e fortalecer os cristãos e afirma: “Ser cristão ajuda muito, pois podemos ver o significado da vida além do que está acontecendo. Nós, cristãos, podemos ver sentido no que está acontecendo porque sabemos que Deus está no controle de tudo e que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam o Senhor e são chamados segundo o seu propósito. Sabemos que Deus usará a situação para nos santificar e encorajar. E essa não é a única esperança que temos, temos esperança eterna”.
Matthew acredita que a igreja será uma grande força para mudar a sociedade. Isso pode ser feito através do treinamento de pastores que levem a igreja a defender a fé e a influenciar a sociedade com valores bíblicos. É para ajudar a cumprir essa visão que a Portas Abertas se empenha, fortalecendo assim a igreja que o próprio Deus está edificando no Chifre da África. Mas nada disso é possível sem a sua contribuição. Doe e faça parte da formação desse oásis no deserto.

*Nome alterado por segurança.

FONTE: https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/no-chifre-da-africa-igreja-de-refugiados-e-oasis-no-deserto

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

PASTOR É PRESO E ACUSADO FALSAMENTE NA VENEZUELA


Em busca de evidências, policiais conduziram uma busca sem mandado e interromperam culto


Um pastor na cidade de Mérida, na Venezuela, foi preso e falsamente acusado de fazer parte do tráfico ilegal e venda de suprimentos médicos. De acordo com uma declaração publicada pela Confederação de Pastores de Mérida, a prisão do pastor Pedro Garcia* ocorreu no final de outubro, após estar na sede do Centro para Investigações Criminais Científicas para voluntariamente testemunhar em favor de uma mulher – membro da congregação – que também foi detida depois que a polícia encontrou suprimentos médicos em seu carro.


Antes de ser levado para a prisão, o pastor Garcia dirigia para casa quando a polícia conduziu uma busca sem mandado. Eles encontraram uma pequena sacola com alguns suprimentos médicos e dentais que a igreja tinha comprado para usar em consultas odontológicas oferecidas gratuitamente a moradores das comunidades de Mérida e outras cidades.
Alguns dias depois, diversos policiais foram a igreja do pastor Garcia para procurar por mais evidências contra ele. Eles interromperam o culto, mas saíram não tendo encontrado nenhuma evidência. Durante a audiência, há alguns dias, os advogados do pastor argumentaram que ele foi falsamente acusado e que os procedimentos seguidos pela polícia nesse caso não cumpriram a lei. Apesar da validade e pontos fortes dos argumentos legais apresentados pela defesa, o juiz decidiu que ele deve permanecer preso, decisão que será apelada por seus advogados.
A Venezuela tem experimentado falta de medicamentos e suprimentos médicos há muitos anos. É muito difícil para venezuelanos obterem cuidados médicos essenciais. Hospitais não têm equipamentos básicos e suprimentos. E com frequência as igrejas estão preenchendo esse espaço, provendo alimentos e cuidados médicos para suas congregações e pessoas das comunidades pobres.
Pedidos de oração
  • Ore para que o apelo dos advogados seja atendido e o pastor Garcia liberto.
  • Apresente a situação dos venezuelanos, que possam ter acesso a médicos e medicamentos.
  • Interceda pela igreja local, para que continuem abençoando as pessoas da comunidade sem intervenção policial.

FONTE :https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/pastor-e-preso-e-acusado-falsamente-na-venezuela

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

FAMÍLIAS CRISTÃS LIDAM COM DIFICULDADES NO IRAQUE


Os principais desafios para jovens e adultos estão no custo de vida e a falta de oportunidades de trabalho

As famílias no Iraque estão enfrentando dificuldades com os altos custos de vida, enquanto os salários são baixos. Muitos não estão conseguindo pagar o aluguel de suas casas, encontrar empregos ou mesmo comprar suas necessidades diárias. Outros desafios com custos estão relacionados a enviar as crianças para a escola ou pagar custos de medicamentos e tratamentos médicos. Alguns cristãos iraquianos estão perdendo a esperança e se sentem impotentes por causa das difíceis condições de vida.
Os jovens da Planície do Nínive também são afetados pelo desemprego. Muitos procuram por trabalho para ter uma renda e poder sustentar suas famílias. Eles querem trabalhar para caminhar em direção a um futuro sustentável em suas vilas e cidades, já que não desejam deixar a terra de seus antepassados.
Além disso, diversos refugiados iraquianos continuam esperando na Jordânia, Líbano e Turquia impotentes e precisando de dinheiro e opções. Eles estão perdendo as esperanças de que receberão visto para os Estados Unidos ou Europa. Depois de 2014, um grande número de cristãos foi deslocado para os países vizinhos para salvar suas vidas. E em alguns desses países eles não têm permissão para trabalhar e poucas crianças iraquianas podem frequentar escolas. Eles buscam por qualquer coisa que lhes devolva a esperança.
Você pode ajudar na reconstrução do país. Sua doação permite a reconstrução de uma casa ou igreja, auxiliando no desenvolvimento dos cristãos e moradores locais. Além disso, nossos projetos também oferecem ajuda emergencial, treinamentos e material cristão. Mude vidas de cristãos iraquianos.
Pedidos de oração
  • Ore para que os cristãos iraquianos consigam resolver essa situação com a direção de Deus.
  • Peça também pelas centenas de jovens que encaram dificuldade em encontrar empregos.
  • Interceda para que eles aprendam a olhar da perspectiva de Deus para essa situação.

FONTE: https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/familias-cristas-lidam-com-dificuldades-no-iraque

sábado, 3 de novembro de 2018

ORE POR CRISTÃO QUE SERÁ JULGADO POR NÃO NEGAR A JESUS



Do grupo de cristãos presos, Yousef foi o único que não negou a Cristo e será julgado por apostasia

No dia 13 de outubro, o cristão ex-muçulmano Tajadin Idris Yousef, de Darfur (Sudão), foi preso pelo Serviço Nacional de Segurança e Inteligência (NISS, da sigla em inglês). A prisão ocorreu durante uma reunião em sua casa em Nyala, quando estava reunido com outros 12 cristãos. Todos foram presos, mas três deles eram das montanhas Nuba e foram soltos logo em seguida por ser de família de origem cristã.
Os outros dez foram transferidos para uma delegacia, onde confessaram que não tinham crescido em uma família cristã, mas sim muçulmana. Por isso, enfrentaram ameaças e foram agredidos para renegar a fé cristã. Diante da extrema pressão, nove deles cederam. Então foram acusados de perturbar a paz, tiveram que pagar uma multa e foram liberados no dia 21.
Mas Yousef se recusou a negar a Cristo e foi mantido preso até o dia 22. Ele foi solto, mas recebeu ordem de se apresentar à polícia a cada três dias. Yousef foi informado de que será julgado por apostasia, visto que deixar o islamismo é contra a lei no Sudão. Nosso irmão terá sua primeira audiência amanhã (28). A situação tem causado medo entre a comunidade cristã, com muitos cristãos se escondendo. Todos eles, sobretudo Yousef, precisam da nossa intercessão.
Pedidos de oração
  • Clame para que Deus derrame sua abundante graça sobre a vida de Yousef quando ele comparecer à audiência.
  • Peça para que ele permaneça firme na fé e fiel ao Senhor e que o próprio Deus coloque as palavras na sua boca.
  • Ore para que o advogado tenha sabedoria do alto e para que justiça seja feita.

Fonte: https://www.portasabertas.org.br/categoria/noticias/ore-por-cristao-que-sera-julgado-por-nao-negar-a-jesus

LIDERAR É DIFÍCIL - BISPO T.D. JACKES

  Bishop T.D. Jakes ao consolar o seu filho espiritual pastor Steven Furtick das lutas do ministério, disse o seguinte:   1- Você será f...