quinta-feira, 26 de maio de 2022

DÉCIMO NONO DIA (26/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.

 

LEITURA BÍBLICA: Salmos 119. 11

A palavra de Deus é nosso mais precioso tesouro. É melhor do que muito ouro depurado. Não podemos tratá-la com descaso nem trocá-la por outros valores, por mais excelentes que sejam. Davi, no texto em epígrafe, ensina-nos três verdades preciosas que vamos, aqui, destacar:

Em primeiro lugar, devemos guardar a melhor coisa. Davi é um rei. Tem muitos bens e rico patrimônio. Em sua casa há muitas riquezas. Em seu reino muitos tesouros. Pedras preciosas chegam para ele de diversos lugares do mundo. Vive cercado de pompa e luxo. Porém, nenhum tesouro ocupou lugar tão alto em sua vida como a palavra de Deus. Não foram as riquezas dos homens que conquistaram seu coração. Não foi ouro nem prata que armazenou como seu valor mais estimado. Davi guardou a melhor coisa, a palavra de Deus. Essa foi sua verdadeira poupança. Seu melhor investimento. Seu mais valioso tesouro. Oh, como nós precisamos redescobrir o valor da palavra de Deus! Como precisamos amá-la! Como precisamos tê-la em alta estima! Ela deve ser lâmpada para nossos pés. Deve ser mapa para nossa jornada. Deve ser mel em nossa boca e alimento sólido para nos sustentar. Em vez de guardar os tesouros perecíveis, devemos guardar essa riqueza incomparável. Ela restaura a alma, ilumina os olhos e alegra o coração.

Em segundo lugar, devemos guardar a melhor coisa no melhor lugar. Davi resolveu guardar a palavra de Deus não numa prateleira de cedro nem num móvel importado. Não a escondeu num cofre fechado a sete chaves. Guardou-a em seu coração. Internalizou-a, nela meditando de dia e de noite. A palavra foi seu deleite. Seu maior prazer. Desse baú divino, ele tirou coisas novas e velhas. Dali saia sua motivação para uma vida de obediência. Por causa dessa palavra, afastou seus pés do conselho dos ímpios, do caminho dos pecadores e da roda dos escarnecedores. Essa palavra conduziu-o pelas veredas da justiça. Por meia dela conheceu Jeová como seu pastor. Essa palavra trouxe-lhe consolo e segurança, quando cruzou os vales da sombra da morte. Por meia dela alimentou sua alma, com provisões ricas, pois a palavra é uma mesa farta no deserto. Oh, que o nosso coração seja um depósito para esse mais valioso tesouro! Em vez de esquecê-la, devemos tê-la bem perto das nossas mãos, junto aos nossos olhos, entronizada em nosso coração. Em vez de substituí-la pelo farelo dos prazeres efêmeros, devemos encontrar nela real prazer. Em vez de guardar riquezas terrenas e bens que serão consumidos pelo fogo, devemos guardá-la com máxima presteza no lugar mais seguro deste mundo, o nosso coração.

Em terceiro lugar, devemos guardar a melhor coisa, no melhor lugar, com o melhor propósito. O propósito de Davi ao guardar a palavra de Deus em seu coração era não pecar contra Deus. A palavra de Deus é um freio moral que livra os nossos pés da queda. Dwight Moody escreveu na capa de sua Bíblia: “Este livro afastará você do pecado ou o pecado afastará você deste livro”. A maneira de um jovem guardar puro o seu coração é observando tudo conforme a palavra de Deus. A maneira de um crente ser santo é ser santificado pela palavra. Ela é como água que nos limpa. É como fogo que queima nossas escórias. É como martelo que esmiúça as resistências do nosso coração. Quanto mais cheios da palavra, mais vazios da vaidade. Quanto mais plenos das verdades eternas, mais desapegados seremos das coisas aqui debaixo. Quanto mais espaço tiver a palavra em nosso coração, menos domínio o pecado terá sobre nós. A palavra de Deus é meio de graça e ferramenta poderosa para nossa santificação. Quanto mais a lemos, mais ela nos examina. Quanto mais mergulhamos nela, mais ela nos perscruta. Quanto mais guardamos a palavra, mais guardados nós somos do mal.


DÉCIMO OITAVO DIA (25/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BÍBLICA: Neemias 4.2,3

Sambalate, com ódio ardendo em seu coração, dirigiu a palavra a seu exército e a seus irmãos. Muitos planos contrários foram imaginados. O homem esperava apelar para a violência, a despeito das cartas do rei da Pérsia que Neemias trouxera consigo. Os babilônios tinham feito um trabalho completo ao destruir Jerusalém e suas muralhas. Poderiam aqueles débeis judeus reverter a destruição, por assim dizer, “em um dia”? Foram necessários somente cinquenta e dois dias para fazer o trabalho de conserto das muralhas da cidade, tão entusiasmados estavam os operários judeus!

CONHECENDO DEUS PELA PALAVRA: TEMA: "UMA ÚNICA ESTRADA E CINCO CAMINHOS DIFERENTES."


 

terça-feira, 24 de maio de 2022

CHAMADA PARA O CULTO DE HOJE (24/05/2022). CONHECENDO DEUS PELA PALAVRA


É HOJE (24/05)

 

100%ON-LINE

 

TEMA: "UMA ÚNICA ESTRADA E CINCO CAMINHOS DIFERENTES."

 

Bem aventurado é o homem que passa pelo vale árido e faz dele um manancial. Ele carrega no coração os caminhos aplanados.

 

O caminho só muda do lado de fora, quando ele muda do lado de dentro. Não existe nenhum caminho do lado de fora que vai lhe ser bom, a menos que você carregue um bom caminho no coração.

 

Hoje, eu queria em nome do Senhor Jesus, convidar você a dizer: "Senhor, ajuda-me a fazer o caminho da vida. Eu quero caminhar no caminho da vida e da verdade em Jesus".

 

Te aguardo às 20:00h nos endereços contidos no banner.


DÉCIMO SÉTIMO DIA (24/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO


 

LEITURA BÍBLICA: Neemias 4.1

O terceiro capítulo é parentético, dando-nos uma lista dos operários da construção ou reparo das muralhas de Jerusalém, e as seções que eles consertaram.

A obra começou e terminou na Porta das Ovelhas. Famílias paternas estiveram envolvidas na construção, até o encerramento. Agora, porém, o cronista nos leva de volta à seqüência dos eventos que terminaram no segundo capítulo e prossegue cronologicamente a partir dali. Assim sendo, a oposição que os judeus sofreram é agora descrita, e nos esquecemos, pelo momento, de que o cronista já registrou como as muralhas foram terminadas (Nee. 3.32).

Tendo Sambalá ouvido que edificávamos o muro. Cf. Nee. 2.10 quanto à sua reação inicial e suas zombarias. Quando ele ouviu que o trabalho das muralhas  estava realmente começando, enfureceu-se. Ele continuou zombando, mas agora não limitava mais sua oposição a meras palavras.

Edificávamos. Sambalá teria seus aliados, que também ficaram indignados porque o trabalho de construção das muralhas da cidade estava começando. Portanto, a missão de Neemias se complicou. Ele tinha todo aquele trabalho a ser feito e, ainda por cima, inimigos que tentavam entravar seu progresso.

E escarneceu dos judeus. “O que vocês estão fazendo é ridículo e inútil. Vocês nunca terminarão esse trabalho. Vocês são traidores do governo persa Seus inimigos darão cabo de vocês, assim que sentirem vontade de fazê-lo. Suas tentativas de reverter o que os babilônios fizeram fracassarão. Vocês são débeis e seu trabalho é insuficiente. Até uma raposa que subisse pela vossa muralha a faria cair" (ver os versículos que se seguem).


segunda-feira, 23 de maio de 2022

DÉCIMO SEXTO DIA (23/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO


 

LEITURA BÍBLICA: Neemias 3.1 - 2

Então se dispôs Eliasibe, o sumo sacerdote. Essa porta foi o começo e o fim do circuito feito na direção anti-horária, em redor das muralhas, que o autor sacro empregou para contar a história do reparo das muralhas. O circuito começa no vs. 1 e termina no vs. 32. Essa porta ficava perto da esquina nordeste da cidade. Os sacerdotes provavelmente foram escolhidos para a tarefa porque a porta ficava perto de seu bairro residencial, no complexo do templo. Os sacerdotes santificaram o trabalho, uma primeira prestação da dedicação subseqüente da muralha inteira. Essa era a entrada comum para a área do templo, e foi a primeira construção a ser terminada. Foram, por assim dizer, as primícias do trabalho dedicado a Deus, e também a fermentação da massa inteira, empregando ainda outra metáfora. As ovelhas eram levadas por essa porta até o templo, a fim de serem sacrificadas.

Devemos entender que a muralha estava dividida em porções ou seções, e que homens receberam a incumbência de reparar essas porções. É como se Neemias tivesse dito: ‘Aqui é o teu lugar de atividades”. Cada uma das famílias ou clãs distintivos eram representantes das várias seções. Foi tudo uma atividade comunal.

CELEBRANDO AO SENHOR EM FAMÍLIA. TEMA: "CURA E RESTAURAÇÃO DOS RELACIONAMENTOS FAMILIARES ATRAVÉS DO PERDÃO."


 

DÉCIMO QUINTO DIA (22/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BÍBLICA: Neemias 2.19 - 20

Esses três adversários (SAMBALATE, TOBIAS e GESÉM) evidentemente ainda não tinham visto as cartas que Neemias trouxera da parte do rei da Pérsia, e já o chamavam de traidor do império. Além disso, eles tomaram sobre si mesmos a tarefa de ridicularizar Neemias e seus planos. De maneira geral, eles ventilavam o seu ódio contra Neemias e seus compatriotas judeus.

O que poderiam fazer aqueles delegados persas contra ele? Prosperidade era a palavra do dia, dirigida da parte de DEUS. A prosperidade de Neemias significa que ele executaria a missão que viera cumprir em Jerusalém, provendo proteção para os judeus e revertendo o estado de desintegração que tomara conta da cidade.

O senso de missão de Neemias estava por trás tanto da vontade divina como do decreto do rei da Pérsia. Ele e seus associados eram obreiros de Deus.

“Porque de Deus somos cooperadores; Lavoura de Deus, edifício de Deus sois vós”. (I Coríntios 3.9)

DÉCIMO QUARTO DIA (21/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.



 

LEITURA BÍBLICA: Neemias 2.17 - 18

Neemias repetiu finalmente, diante deles, uma descrição do triste estado de Jerusalém (o que eles já sabiam com detalhes) e então exortou-os a fazer alguma coisa a respeito: “Vinde, pois, e edifiquemos a muralha de Jerusalém, para que não estejamos mais em opróbrio". Os inimigos dos judeus estavam zombando deles. O país tinha sido reduzido a ruínas, e a capital fora deixada sem muros, ou seja, impotente diante de qualquer inimigo que lhes quisesse administrar outra derrota. Quanto ao estado lamentável da cidade, que Neemias ansiava por reverter. “Neemias fez um apelo intenso ao patriotismo deles".

sexta-feira, 20 de maio de 2022

CHAMADA PARA O PRÓXIMO DOMINGO (22/05/2022) CELEBRANDO AO SENHOR EM FAMÍLIA


*PRÓXIMO DOMINGO (22/05)*

*TEMA: "CURA E RESTAURAÇÃO DOS RELACIONAMENTOS FAMILIARES ATRAVÉS DO PERDÃO. "*

Decepcionamos as pessoas e as pessoas nos decepcionam. As pessoas são ladrões da nossa alegria. Sofremos mais por causa das pessoas do que pelas circunstâncias adversas. Vivemos num mundo ferido, doente e cheio de mágoas.

Escolher o perdão significa aliviar a bagagem. Escolher o perdão significa lutar por uma vida livre, significa trilhar o caminho da cura, da libertação de memórias que causa danos a nossa vida emocional.

Participe conosco virtualmente no próximo domingo a partir das 20 horas nos endereços contidos no banner


DÉCIMO TERCEIRO DIA (20/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.



 

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.16

 

Não sabiam os magistrados aonde eu fora. Os “magistrados’ eram os oficiais locais, deputados do governo persa, e não cidadãos judeus. Neemias tinha autorização do próprio rei para fazer o que estava fazendo, mas ainda não lhes comunicara o que estava fazendo em Jerusalém.

Judeus. Nem o povo comum nem seus líderes (civis ou não) tinham sido informados sobre as intenções de Neemias. Provavelmente estejam especificamente em vista aqui líderes civis.

Sacerdotes... nobres... magistrados... aos mais. Em outras palavras, pense o leitor em qualquer pessoa de autoridade, civil ou religiosa, e também em qualquer pessoa comum em Jerusalém: Neemias simplesmente nada disse sobre a sua missão.

Aos mais. Isto é, aqueles que, finalmente, terminaram fazendo a obra. Nem mesmo os operários potenciais sabiam, por enquanto, o que Neemias fazia em Jerusalém.

Provérbios 17:28 – “Até o insensato passará por sábio se ficar quieto e, se contiver a língua, parecerá que tem discernimento”.

DÉCIMO SEGUNDO DIA (19/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

DÉCIMO SEGUNDO DIA (19/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.13

Porta do Vale. Isto é, uma importante parte das fortificações de Jerusalém.

Os mensageiros tinham dito a verdade para Neemias. O lugar era só escombros. A situação era pior do que ele havia esperado encontrar.

Neemias, montado em sua mula, acompanhou as muralhas e olhou, incrédulo, a triste confusão. Os portões da cidade tinham sido queimados; as muralhas se desintegraram, com exceção de pequenos trechos, aqui e ali. O pouco que fora deixado das muralhas deveria ser demolido a fim de preparar o caminho para um substituto decente. A tarefa era avassaladora em suas dimensões.

Por muitas vezes, a prova da coragem não consiste em morrer, mas em viver. (Vittorio Alfieri)

Nada é algo demais para os mortais corajosos. (Horácio)

Quando uma poria se fecha, outra se abre. (Cervantes)

Os céus nunca ajudam o homem que não age. (Sófocles)

Tende ânimo. Sou eu. Não temais. (Mateus 14.27)

DÉCIMO PRIMEIRO DIA (18/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


LEITURA BIBLICA: Neemias 2.11-12

Eis aqui uma grandiosa e valiosa lição, há momentos em nossas vidas, que precisaremos guardar absoluto segredo sobre o que Deus nos fala, até que chegue a hora certa.

 

terça-feira, 17 de maio de 2022

DÉCIMO DIA (17/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.9-10

Neemias foi escoltado por homens armados. Ele atravessaria terras potencialmente perigosas.

Os opositores já teriam conhecimento de sua missão. Ladrões poderiam querer saquear a ele e a seu grupo. Portanto, a segurança foi garantida por uma guarda armada.

Esse governador da Samaria tinha uma fisionomia contrária, que Neemias precisou encarar. De fato, ele era a maçã mais azeda do pomar e estava destinado a dar a Neemias muita tribulação. Quase tão azedo quanto ele, foi Tobias. Ele tentou espantar Neemias para que este parasse suas operações (Ne. 6.17-19).

Mas Neemias não se deixava intimidar facilmente. Além disso, ele contava com o favor do rei Artaxerxes, de modo que não se importaria com aquilo que pudesse acontecer.

Ademais, Deus estava sorrindo para ele, pelo que nenhuma oposição teria sucesso.

Como é maravilhoso ver o Senhor abrindo as portas para que a obra Dele seja realizada, mas prepare-se, isso fará despertar ódio nos corações de algumas pessoas, e elas se levantarão para atrapalhar.


NONO DIA (16/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.7-8

Diante da porta aberta, o Senhor te dará entendimento das necessidades que precisarão serem supridas para atingir o propósito, e Ele te dará graça em cada uma delas; sua boa mão fará isso.


OITAVO DIA (15/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.6

O rei (com a bela rainha sentada ao seu lado, ouvindo a conversa) ficou feliz em permitir a ida de Neemias a Jerusalém, concedendo-lhe cartas de autoridade. Ele só condicionou a ida de Neemias ao elemento tempo. Não queria que o copeiro se ausentasse por muito tempo. Um acordo foi estabelecido sobre por quanto tempo Neemias se ausentaria, mas o versículo não nos revela exatamente que prazo foi esse. Conforme as coisas aconteceram, o período de ausência foi cerca de doze anos (Ne 5.14)! Neemias, como é óbvio, não requereu originalmente tanto tempo, e sem dúvida precisou renovar sua ausência periodicamente.

Muitas vezes no dia a dia, diante dos nossos deveres e responsabilidades, precisaremos realizar um planejamento, mas, nós sabemos que a última palavra vem de Deus.


SÉTIMO DIA (14/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.5

E disse ao rei: Se é do agrado do rei. “Preciso ir a Jerusalém”, Neemias fez o rei saber, falando com toda a humildade e graça, e fazendo tudo depender do bom favor do rei, pois ele era o senhor, e Neemias o servo. Além disso, por um longo tempo, Neemias tinha servido bem e deveria ganhar algum crédito por isso, pelo que deixou a questão fazer parte do quadro, porque era um forte argumento em seu favor.

Quando a tão esperada oportunidade surgir, não esqueça que foi Deus que a fez acontecer, então ore a Ele pedindo direção para se manter no propósito, a graça Dele se manifestará e sua boa mão será contigo.


CELEBRANDO AO SENHOR EM FAMÍLIA - TEMA: "6 PRINCÍPIOS PARA UM BOM RELACIONAMENTO FAMILIAR."


 

sexta-feira, 13 de maio de 2022

CONHECENDO DEUS PELA PALAVRA - TEMA: "QUANDO OS CÉUS SE FENDEM E DEUS DESCE."


 

CELEBRANDO AO SENHOR EM FAMÍLIA - TEMA: "POR ONDE ANDA A MESA NA SUA FAMÍLIA?"


 

CONHECENDO DEUS PELA PALAVRA - TEMA: " VENCENDO O DESÂNIMO."


 

CONHECENDO DEUS PELA PALAVRA - TEMA: "“O QUE ME CONSOLA NA MINHA ANGÚSTIA É ISTO: QUE A TUA PALAVRA ME VIVIFICA.”


 

CELEBRANDO AO SENHOR EM FAMÍLIA - TEMA: "NÃO DEIXE O VIAJANTE ENTRAR EM SUA CASA"


 


SEXTO DIA (13/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 2.1-4

Um servo que mostrasse mau humor perante o rei poderia ser considerado um conspirador, ou um “mau empregado”. “Uma fisionomia triste nunca era tolerada na presença real”

Quando estamos envolvidos num propósito e os compromissos e alegrias terrenas não nos afastam dele, estaremos prontos para receber a resposta de Deus, que nos abrirá uma oportunidade para que a obra dEle se realize, e Ele nos guiará em tudo.

QUINTO DIA (12/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 1.10-11

 

Como é poderoso lembrar dos feitos do Senhor de suas Poderosas obras falar com ele do que sabemos sobre ele e sua palavra e de suas promessas.

Nosso espírito que veio dele se regozija em nossa alma e se alegra por estar em sua presença.

Instantaneamente reafirmamos nossa fé nele e nosso desejo de contar com a sua bênção e favor.

QUARTO DIA (11/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 1.6

 

Quando nossa oração espontaneamente se torna um clamor, o sentido real de um propósito surge e nós nos sentimos parte da causa que estamos apresentando a Deus; aí entramos na verdadeira intercessão.

TERCEIRO DIA (10/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.

 


LEITURA BIBLICA: Neemias 1.5

 

Assim como Neemias, o Senhor Jesus nos ensinou na oração do Pai Nosso, independente da situação ou de como está se sentindo comece a sua oração sempre louvando e adorando a Deus por quem Ele é, isso é poderoso e prepara nosso coração para uma maior comunhão.

​Pela oração, as mui ricas e preciosas promessas de Deus são apropriadas. Tiago escreveu: “Nada tendes, porque nada pedis”. Jesus ensinou: “Pedi e dar-se-vos-á, porque todo o que pede recebe”. Bênçãos são retidas quando as orações não sobem ao trono da graça. Mas, promessas são cumpridas quando o povo de Deus ergue sua voz aos céus. Pela oração apropriamo-nos das promessas divinas.


SEGUNDO DIA (09/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO


 

LEITURA BIBLICA: Neemias 1.4

 

No capítulo primeiro de Neemias, temos o relato bíblico sobre a reação de Neemias às informações recebidas sobre Jerusalém e os que escaparam do cativeiro.

 

Oremos para que o Senhor nos dê um coração sensível para entendermos e nos importarmos verdadeiramente com a realidade a nossa volta.

PRIMEIRO DIA (08/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO


 
LEITURA BIBLICA: Neemias 1. 1-3

 

Neemias (que significa o senhor consola) está no palácio trabalhando e toma conhecimento da terrível situação de Jerusalém, que havia sido invadida, destruída e seus moradores levados cativos.

 

O primeiro passo para entrar nesse propósito é conhecer ou reconhecer os problemas, dificuldades e limitações que estão acontecendo na sua vida ou a sua volta. Se achar melhor pega um papel e enumere-os à medida que eles surgem a sua mente.

52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO



Início dia 08 de Maio de 2022 às 00h00

 

52 dias de clamores e de busca, diariamente no propósito – semelhantemente a Neemias – trabalhando, lutando, superando, vencendo.

 

O muro ficou pronto em cinquenta e dois dias! Quando todos os nossos inimigos souberam disso, todas as nações vizinhas ficaram atemorizadas e com o orgulho ferido, pois perceberam que essa obra havia sido executada com a ajuda de nosso Deus (Neemias 6.15 e 16).

 

Proposito de Fé dos 52 dias. O que é impossível para você?

 

Os muros da sua vida espiritual estão arruinados? Em 52 dias Neemias reergueu muros que ficaram caídos por mais de 120 anos. Com desafios e ameaças, com determinação e um espírito excelente ele fez o que ninguém fez.

 

A restauração da sua vida está ao seu alcance, decida como Neemias. A determinação, o foco, a luta, a força que ele colocou, fizeram dele e de todas aquelas pessoas, pessoas vitoriosas. Os inimigos foram envergonhados, a situação foi mudada.

 

Agarre essa oportunidade, com o início no mês de maio, o Propósito de Fé dos 52 dias é uma oportunidade de restauração para milhares de pessoas.

 

O que está em ruínas na sua vida? Sua vida espiritual, sua família, sua saúde, sua vida financeira, sua vida sentimental?

 

52 dias de fé, perseverança, busca e clamor pela restauração da vida de todo aquele que crê.

 

ALEGRAI-VOS SEMPRE NO SENHOR

  Paulo nos diz que o grande poder na vida é sempre o contentamento, é gratidão, é a capacidade de poder tudo naquele que nos fortalece. Ali...