terça-feira, 24 de maio de 2022

DÉCIMO SÉTIMO DIA (24/05/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO


 

LEITURA BÍBLICA: Neemias 4.1

O terceiro capítulo é parentético, dando-nos uma lista dos operários da construção ou reparo das muralhas de Jerusalém, e as seções que eles consertaram.

A obra começou e terminou na Porta das Ovelhas. Famílias paternas estiveram envolvidas na construção, até o encerramento. Agora, porém, o cronista nos leva de volta à seqüência dos eventos que terminaram no segundo capítulo e prossegue cronologicamente a partir dali. Assim sendo, a oposição que os judeus sofreram é agora descrita, e nos esquecemos, pelo momento, de que o cronista já registrou como as muralhas foram terminadas (Nee. 3.32).

Tendo Sambalá ouvido que edificávamos o muro. Cf. Nee. 2.10 quanto à sua reação inicial e suas zombarias. Quando ele ouviu que o trabalho das muralhas  estava realmente começando, enfureceu-se. Ele continuou zombando, mas agora não limitava mais sua oposição a meras palavras.

Edificávamos. Sambalá teria seus aliados, que também ficaram indignados porque o trabalho de construção das muralhas da cidade estava começando. Portanto, a missão de Neemias se complicou. Ele tinha todo aquele trabalho a ser feito e, ainda por cima, inimigos que tentavam entravar seu progresso.

E escarneceu dos judeus. “O que vocês estão fazendo é ridículo e inútil. Vocês nunca terminarão esse trabalho. Vocês são traidores do governo persa Seus inimigos darão cabo de vocês, assim que sentirem vontade de fazê-lo. Suas tentativas de reverter o que os babilônios fizeram fracassarão. Vocês são débeis e seu trabalho é insuficiente. Até uma raposa que subisse pela vossa muralha a faria cair" (ver os versículos que se seguem).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

ALEGRAI-VOS SEMPRE NO SENHOR

  Paulo nos diz que o grande poder na vida é sempre o contentamento, é gratidão, é a capacidade de poder tudo naquele que nos fortalece. Ali...