sexta-feira, 17 de junho de 2022

41º DIA (17/06/2022) DOS 52 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO.


 

LEITURA BÍBLICA: NEEMIAS 8.1-3

A restauração de Jerusalém passou por três etapas:

a) Restauração física – Os muros e as portas restaurados.

b) Restauração social – A ordem política, social e religiosa estabelecida.

c) Restauração espiritual – promovida pela Palavra de Deus.

A maior reforma implementada por Neemias – A maior reforma que Neemias implementou em Jerusalém foi a restauração da autoridade da Palavra de Deus sobre o povo. Sem essa restauração Jerusalém era absolutamente vulnerável.

1. É espontâneo – v. 1: Deus moveu o coração do povo para reunir-se para buscar a Palavra de Deus. Eles não se reuniram ao redor de qualquer outro interesse. Hoje o povo busca resultados, coisas, benefícios pessoais e não a Palavra de Deus. Querem as bênçãos de Deus, mas não Deus. Têm fome de prosperidade e sucesso, mas não têm fome da Palavra.

2. É coletivo – v. 2,3: Todo o povo: homens e mulheres reuniram-se para buscar a Palavra de Deus. Ninguém ficou de fora. Pobres e ricos, agricultores e nobres, homens e mulheres. Eles tinham um alvo em comum, buscar a Palavra de Deus. Precisamos ter vontade de nos reunir não apenas para ouvirmos cantores famosos ou pregadores conhecidos, mas reunirmo-nos para ouvirmos a Palavra de Deus. O centro do culto é a pregação da Palavra de Deus.

3. É harmonioso – v. 1: “Todo o povo se ajuntou como um só homem” (v.1). Não havia apenas ajuntamento, mas comunhão. Não apenas estavam pertos, mas eram unidos de alma. A união deles não era em torno de encontros sociais, mas em todo da Palavra de Deus.

4. É proposital – v. 1: “e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o livro da lei de Moisés, que o Senhor tinha prescrito a Israel” (v. 1). O propósito do povo era ouvir a Palavra de Deus. Eles tinham sede da Palavra. Eles tinham pressa de ouvir a Palavra. Não era qualquer novidade que os atraía, mas a Palavra de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário