quinta-feira, 1 de abril de 2010

O Significado do Reino


Reino de Deus não é esoterismo social ou uma sociedade abstrata celestial. Mas é a intervenção viva de Deus em relação às situações tipicamente de opressão e injustiça instauradas pelas forças dominantes. Ou seja: toda desigualdade, autoritarismo, economia concentrada, que gera estado de miséria e morte à sociedade, é razão suficiente para a manifestação do Reino de Deus. Isto quer dizer que “onde houver uma dimensão, ali o reino tem que se instalar e se erguer. Onde houver uma fronteira, ali o reino tem que atravessar. Onde houver expressões de vida ou de morte, o Reino de Deus tem que se mostrar redentor e eficaz".

“O Reino de Deus está próximo” quer dizer que Deus já deu início ao seu programa de restauração de todos os reinos deste mundo, para que se tornem Reino de Deus. Significa também que a soberania, o poderio real de Deus no mundo já começou, primeiramente com Jesus e agora com a sua igreja.

Toda história de opressão e injustiça é rebeldia contra o poder de Deus. O evangelho significa que, pela obediência de Jesus Cristo, cujo reino vemos agora operando através da igreja, Deus está retomando seu domínio e fazendo a sociedade ser mais humana, justa e equilibrada. Portanto, o Reino de Deus manifestado, é sempre a intervenção divina sobre alguma história de dor e de sofrimento vivida por um povo, um reino, uma nação, um individuo. É sempre Deus agindo sobre as realidades concretas de opressão e injustiça.

Mas, para entendermos bem acerca do Reino de Deus, precisamos lançar mão do paralelismo sinonímico, o velho estilo hebraico de dizer as coisas duas vezes, e a segunda parte do paralelo repetir, ampliar e explicar a primeira. Por exemplo:

“Venha o teu reino”
“Seja feita a tua vontade”.

Isto significa que Reino de Deus e vontade de Deus são uma mesma coisa. Logo, fazer a vontade de Deus e estar no Reino de Deus são exatamente a mesma coisa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...