quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Presbítero da Igreja Renascer em Cristo é o mais Novo Maestro da Escola de Samba da Mangueira


Presbítero da Igreja Renascer em Cristo, Ailton Nunes quer buscar a nota dez para a bateria da Mangueira. Cria da comunidade, ele vê a mão de Deus em seu dom de tocar

POR FABIANA SOBRAL

Quis o Criador abençoar o talento de Ailton André Nunes e ele acabou traçando seus passos no compasso do surdo de primeira. Ou melhor, da "Bateria Surdo Um" foi a paixão pelo ritmo, surgida quando ainda era moleque e rolava pelo lixão do Chalé, no Morro da Mangueira, em busca de latas e papelão para fazer tambores afinados com o calor de fogueiras, que fez o hoje presbítero, (uma espécie de líder) da Igreja "Renascer em Cristo", aceitar o convite do presidente Ivo Meirelles e se tornar, há pouco mais de um mês, o novo mestre de bateria da Verde e Rosa.

Contradição com a fé? Não para Ailton, percussionista profissional, 39 anos, casado, pai de duas filhas e avô de outra menina. “Sou um servo de Deus e acredito que as pessoas têm um dom. E acredito no plano de Deus para a minha vida. E faz parte passar por isso, estar à frente da bateria”, explica o maestro, que também é um dos autores do samba que homenageia Nelson Cavaquinho, enredo da escola.

Antes de aceitar conduzir a bateria que ele conhece desde menino e da qual já chegou a ser um dos diretores — na época do primo Alcir Explosão, a quem elogia o talento —, além de primeiro repique, Ailton conversou com a família e seus orientadores na igreja.

A volta à escola, entretanto, levou 8 anos para acontecer. Foi quando, diz, “tinha outro tipo de conduta e estava perdendo a família”, acabou encontrando a igreja em seu caminho. Na caminhada de lá para cá, trabalhou com música, rodou a Europa como percussionista e reencontrou amigos no Brasil. Agora, só quer saber de unir a “Família Surdo Um” em torno de um objetivo: ganhar a nota dez para a Mangueira.

“Mas e as tentações do Carnaval?”, provoco eu ao entrevistado. “Todos nós somos pecadores. Só que tem um porém: eu tenho consciência que sou pecador, mas hoje não vivo pelo pecado”, responde, sem atravessar o discurso.

Fonte: www.odia.com.br

10 comentários:

  1. Nota 10 pra Mangueira e nota zero para ir pro céu. kkkkk
    Se bem que não deve ser novidade para ele, pois a igreja Renascer também tem uma escola de samba não é?? não é ela que vai pra Avenida no carnaval?? Só a graça, não sei se rio ou choro Pr. Flavio. Paz!

    ResponderExcluir
  2. Querida irmã Rô,

    A Paz do Senhor,

    Também não sei se choro ou dou gargalhadas. Mas o fato é que a coisa está cada dia ficando mais séria.

    Que Deus nos ajude.

    Um grande abraço,

    No Amor de Cristo,

    Pastor Flavio Constantino

    ResponderExcluir
  3. Caro amigo e pastor Flávio Constantino,

    A paz do Senhor!

    Não achei que viveria tanto, para presenciar tais aberrações.
    Pelo andar da carruagem, em pouco tempo teremos as escolas de sambas das igrejas também concorrendo ao prêmio!

    Misericórdia!

    Paz!

    Pr. Carlos Roberto

    ResponderExcluir
  4. Ola Pastor Flavio,

    Graça e Paz!

    Vim conhecer seu espaço digital. Bom posts! A internet é um espaço precioso onde podemos falar de Jesus e discutir diferentes pontos de vista!

    Aproveitando, faço uma apresentação do meu blog:

    Genizah é um blog cristão diferente. Hilário e divertido, mas que não dispensa a seriedade na defesa do Evangelho. Uma mistura bem balanceada de humor, denuncia e artigos devocionais. No Genizah, você fica sabendo da última novidade do absurdário "gospel", mas também não falta material para inspiração e ótimas mensagens dos melhores pregadores. Genizah é um blog não denominacional apologético, com um time é formado por escritores, pastores, humoristas e chargistas cristãos.

    Aguardo sua visita. Vamos nos seguir!

    Abraços em Cristo e Paz!

    Danilo Fernandes

    http://www.genizahvirtual.com/

    ResponderExcluir
  5. Prezamigo pr. Flavio Constantino,

    A paz de Cristo, o nosso Senhor!

    É inacreditável! Estamos vivendo um momento de desprezo pelas necessidades comuns aos homens de Deus.

    Tornou-se motivo de zombaria a atitude de alguns que demonstram para a sua própria vergonha, uma maneira triste, que se torna uma rotina quase que assassina na vidados demais.

    ResponderExcluir
  6. Querido Pastor Carlos Roberto,

    A Paz do Senhor,

    É verdade, quem viver verá.

    Um grande abraço,

    No Amor de Cristo,

    Pastor Flavio Constantino

    ResponderExcluir
  7. Querido irmão Danilo,

    A Paz do Senhor,

    Que bom o irmão por aqui, é um prazer. Já estou te seguindo,

    Um grande abraço,

    No Amor de Cristo,

    Pastor Flavio Constantino.

    ResponderExcluir
  8. Querido Pastor Newton,

    A Paz do Senhor,

    Parece mentira, mas é verdade. Não sei onde essas loucuras terminarão.

    Que Deus nos guarde dessas coisas,

    Um grande abraço,

    No Amor de Cristo,

    Pastor Flavio Constantino.

    ResponderExcluir
  9. Até onde vamos chegar, pastor Flavio?
    Depois que lancaram o Denorex, ficou difícil!!!
    Muitos aderiram a temática do comercial:
    "Parece, mas, não é".
    Deus te abencoe.
    Grande abraco.

    Denise F Passos

    ResponderExcluir
  10. Querida irmã Denise,

    A Paz do Senhor,

    Sinceramente não sei até onde vamos chegar. Mas, sem qualquer tipo de pessimismo, a coisa tende a piorar.

    Um grande abraço,

    No Amor de Cristo,

    Pastor Flavio Constantino.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...